fbpx

Você sonha em ter cabelos longos e saudáveis mas não sabe o que fazer para acelerar o processo e chegar lá? Se você respondeu “sim”, não está sozinha.

Afinal, que mulher nunca se arrependeu ao cortar o cabelo ou quis mudar o visual e percebeu que o crescimento dos fios é mais lento do que imaginava? 

Esperar o cabelo crescer pode mesmo gerar certa ansiedade e, muitas vezes, até algum nível de frustração. Afinal de contas, segundo especialistas, os cabelos crescem, em média, apenas de 0,5cm a 1cm por mês. Além disso, o crescimento capilar também sofre influência de fatores físicos, psicológicos e ambientais.

Por isso mesmo, ter paciência é implacável, mas alguns truques e cuidados podem ajudar a otimizar o progresso do seu “projeto Rapunzel”. Quer saber como? Continue a leitura e anote todas as dicas!

Como funciona o crescimento capilar

Antes de conhecer e aplicar nossas dicas, é essencial que você entenda como funciona e o que interfere num crescimento capilar normal.

Como mencionamos, o cabelo cresce em torno de meia polegada por mês para a maioria das pessoas. No entanto, inúmeras variáveis influenciam diretamente no processo e podem alterar essa média – para mais ou para menos.

Fatores genéticos, hormonais, de idade ou condição psíquica são algumas delas. Até mesmo o estado nutricional e a fase de vida de uma pessoa interferem no ritmo de multiplicação dos fios.

As grávidas, por exemplo, experimentam um boom de crescimento de cabelo sobretudo no segundo trimestre da gestação por conta da incidência de determinados hormônios.

De outro lado, o tratamento de algumas patologias pode envolver a prescrição de medicamentos que prejudicam o crescimento capilar. Da mesma forma, meros hábitos frequentes também fazem toda a diferença nesse quesito.

Abusar dos procedimentos químicos de alisamento e coloração, por exemplo, enfraquece a estrutura do cabelo e retarda o crescimento significativamente.

Por isso, atente ao apelo comercial de cosméticos que prometem fórmulas mágicas e que servem para todos os tipos de pessoa e de cabelo. É importante saber que não há solução capaz de, sozinha, fazer o cabelo crescer de forma extraordinária e em tempo record.

O que existe, de fato, são estratégias que você pode incorporar à sua rotina de cuidados com o cabelo agora mesmo e que, em conjunto, contribuem para agilizar seu processo natural de crescimento – e ainda conferi-lo mais qualidade e vigor.

Pode confiar, estas propostas contemplam todos os tipos de mecha – do cabelo liso ao crespo, e do virgem ao quimicamente tratado. Além disso, mais do que alavancar o crescimento, segui-las com constância também promove madeixas mais saudáveis e cheias de vida. Quem não quer?

Confira esses passos simples, porém muito valiosos, e avance várias etapas para conquistar o cabelo que você deseja:

Mude sua alimentação

Talvez isso te surpreenda, mas o melhor recurso para a saúde do seu cabelo não tem formato de creme, escova ou equipamento de laser de última geração.

Tratamentos externos são necessários e importantes, mas, acredite, o segredo elementar está nos cuidados que você pratica de dentro pra fora.

Isso mesmo. Assim como acontece com a pele, tudo o que ingerimos tem o potencial de deixar nossos cabelos mais ou menos saudáveis. Você já pensou no impacto que a sua dieta tem na quantidade e qualidade das mechas que você tanto estima?

Por isso, além de velocidade, para garantir um crescimento com força, brilho e equilíbrio às suas madeixas, o primeiro mandamento é: comece mudando e melhorando sua alimentação.

Em primeiro lugar, lembre-se que o cabelo precisa de proteínas e vitaminas diversificadas para crescer e preservar sua força – por isso, nada de dietas restritivas ou pouco variadas.

Inclua no seu dia-a-dia a linhaça, vegetais folhosos verdes escuros, ovos e iogurte de boa qualidade. E não se esqueça de variar as fontes das leguminosas, como o feijão. Essas proteínas, além de contribuírem para o crescimento em si, favorecem a irrigação do couro cabeludo e a chegada dos nutrientes ao cabelo.

Além disso, priorize alimentos ricos em vitaminas A e E, e especialmente do complexo B. Boas opções são cenoura, abacate, espinafre, cereais integrais e oleaginosas como amêndoas e castanhas. De quebra, você ainda colabora com antioxidantes para todo o organismo!

Alguns peixes e as algas marinhas, em especial, ainda são ricos em Ômega-3, o nutriente queridinho do rejuvenescimento, da saúde do coração e da beleza. Presente na alimentação, o Ômega-3 tonifica o crescimento do cabelo porque fortalece as fibras capilares, protege a raiz e evita a queda. Invista sem medo no óleo de peixe!

Escove, escove, escove!

Escovar o cabelo, à primeira vista, parece ser só mais uma conduta de higiene ou estética. Mas não é. Pentear as madeixas com frequência pode fazer muita diferença pra que elas cresçam mais e melhor. Sabe por quê?

Apesar de não alterar a velocidade do crescimento propriamente dita, escovar o cabelo estimula a circulação sanguínea no couro cabeludo e favorece o fortalecimento dos fios novos.

Além do mais, a escovação ajuda a distribuir os óleos naturais produzidos no cabelo, do couro em direção às pontas. Assim, os fios ganham brilho e são integralmente hidratados. Fios hidratados e protegidos preservam o comprimento cultivado e que, muitas vezes, se perde com a quebra constante das fibras capilares.

No entanto, pra que tudo isso aconteça sem dano às pontas, atente a alguns cuidados na hora de se pentear.

Primeiro, seja cuidadosa. Inicie delicadamente sempre pelo comprimento e pontas, nunca pela raiz. Se seu cabelo for ondulado ou crespo, a massagem com a ponta dos dedos também faz às vezes da escova e produz os mesmos benefícios.

Da mesma forma, evite pentear os cabelos quando molhados, pois os fios estão frágeis e mais suscetíveis à quebra. Prefira desembaraçá-los no chuveiro, sob a ação do condicionador, ou com a ajuda de um creme de pentear.

Para não arriscar, uma boa opção também pode ser investir em escovas diferentes para pentear o cabelo quando está molhado ou embaraçado. Nos cabelos úmidos ou para tirar nós, o ideal é usar uma escova própria ou um pente de dentes largos. O importante é conseguir o efeito da escovação sem agredir suas mechas.

O Poderoso Colágeno

Para o caminho do cabelão dos sonhos, revelamos aqui mais um pulo do gato: o colágeno.

Você provavelmente já ouviu falar nele e até o associa a propriedades de elasticidade e rejuvenescimento – mas da pele, não é mesmo?

Apesar de muito conhecida por seu uso em cosméticos dermatológicos, principalmente para o rosto, essa preciosa proteína também protege, regenera e fortalece as unhas e, surpreendentemente, os cabelos!

Rico em aminoácidos, prolina, glicina, hidroxiprolina e arginina, o colágeno não só fortalece e avoluma os fios como ainda acelera seu crescimento – por isso, se o objetivo é encher a cabeleira, essa dica vale ouro.

Primeiro, assim como faz com a pele, o colágeno também retarda o processo de envelhecimento do cabelo e até mesmo revitaliza os fios. Como? Impedindo a oxidação dos folículos capilares (local onde nascem os fios) que se danificam pela ação do tempo e dos radicais livres.

Os fios voltam a nascer mais e mais fortes, com mais elasticidade, densidade e brilho.

Mas não só. A absorção do colágeno aumenta a circulação sanguínea no organismo e, inclusive, no couro cabeludo. Assim, sua ação aumenta a irrigação dos folículos além de preservá-los e, dessa maneira, abastecidos de mais nutrientes, produzem fios fortes e saudáveis melhor e mais rápido.

Quer saber como consumir o colágeno e aproveitar esses benefícios? Ingira enxofre orgânico (MSM) diariamente. MSM é conhecido como o “mineral da beleza” e é essencial na síntese de colágeno. Por isso, além de promover outros efeitos benéficos, é a suplementação ideal para quem deseja dar o start no “projeto Rapunzel” ou simplesmente recuperar a saúde da pele, unhas e cabelos.

Quanto menos química, melhor

Não é incomum que você esteja deixando o cabelo crescer e, ainda que o tempo passe, não perceba qualquer aumento no tamanho dos fios. A frustração, nestas horas, é certa.

Apesar de cuidar da nutrição e reforçar os estímulos de crescimento internamente, sua falha na missão Rapunzel pode estar no modo como você está cuidando da saúde do comprimento do seu cabelo.

Se identificou? Então é hora de revisar os hábitos negativos a que você submete suas madeixas, sobretudo os processos químicos e o abuso do secador e da chapinha.

O fato é que o cabelo cresce, mas não se mantém longo porque enfraquece e quebra antes que você possa desfrutar do ganho tão arduamente conquistado.

Tingir ou alisar sem a devida preparação ou com muita frequência, assim como fazer uso excessivo de aparelhos térmicos, tende a produzir lesões no fio do cabelo de modo que ele arrebenta e encurta, esvaziando seus esforços para vê-lo comprido e saudável.

A química destrói a queratina, principal proteína do cabelo, enquanto o excesso de calor desnatura a hidratação e estimula o surgimento das pontas duplas – assim, ambos diminuem a resistência das fibras capilares e patrocinam a sabotagem do crescimento.

Aproveite a proximidade do verão e o aumento da temperatura para deixar os fios secarem naturalmente e evitar os danos do secador. Se ficar sem ele não for uma opção pra você, pelo menos não abra mão de um bom protetor térmico.

E para fazer ainda melhor, aposte no visual natural e também deixe a tintura e descoloração de lado durante essa estação!

Por último, quando for à praia ou piscina, lembre-se que proteger o cabelo é tão importante quanto proteger o resto do corpo e vá munida dos produtos certos: leave-in, hidratante a base de óleos essenciais (como coco, amêndoas ou jojoba) e, claro, protetor solar para os fios!

O que se conclui

Deixar os fios crescerem e conquistar um cabelão não é uma tarefa fácil, mas pode ser melhor planejada e acelerada com inteligência.

A grande sacada é seguir estes passos com regularidade – e somá-los aos outros cuidados básicos que você já conhece: caprichar no creme hidratante, tomar muita água, e aparar suas pontas com frequência.

Fotografe seu cabelo periodicamente para registrar seu progresso e lembre-se: se seu problema for queda de cabelo grave ou outras disfunções, não hesite, consulte o quanto antes um dermatologista!

Categorias: Beleza

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *